A Lexus faz chegar este mês de Março ao mercado as primeiras unidades do Lexus LBX, o seu crossover compacto para o segmento B-SUV, o modelo mais pequeno da marca premium nipónica mas que, pelo que pudemos comprovar numa primeira apresentação dinãmica, as suas dimensões mais reduzidas não o impedem de apresentar elevados padrões de qualidade, luxo e requinte, afinal os valores a que a marca está ligada desde o seu início.

Apresentado á Imprensa na bonita cidade de Aveiro, também ela pequena mas distinta e ímpar, o novo Lexus LBX foi-nos apresentado em detalhe, permitindo a experiência da sua qualidade ao longo de algumas dezenas de quilómetros na bonita Veneza portuguesa que é Aveiro, com paragem obrigatória na Costa Nova num percurso em que deu para nos darmos conta da forma cuidada com que este LBX se revela capaz de receber condutor e passageiros, de um modo envolvente e sofisticado.

Com Eça de Queiroz como uma inspiração presente ao longo da apresentação, também pelo facto do escritor português do século XIX ter mantido uma forte ligação a Aveiro, ele que disse um dia que “a beleza exterior alegra os olhos, porém a beleza interior faz com que o coração bata mais rápido”, foi dado o mote para o conhecimento do novo Lexus LBX, um modelo automóvel com um design exterior distinto, que nos recebe como poucos no interior conquistando pelos materiais, equipamento e prestações dinâmicas. Na unidade hoteleira que nos recebeu em Aveiro, o MS Collection ou Palacete Valdemouro, um mural do pintor e graffiter Vhils alusivo a Eça de Queiroz serviu de enquadramento à imagem do Lexus LBX.

Lexus LBX 02

Lexus LBX 12

Crossover full-hybrid pequeno mas sem concessões

Numa marca já com 35 anos de presença no mercado mundial e actualmente com propostas cem por cento elétricas, híbridas e híbridas plug-in, este Lexus LBX surge como um modelo full-hybrid, para o qual o nome escolhido permite desde logo dar conta da sua qualidade distinta, isto porque este modelo B-SUV é a segunda proposta da marca batizada com um nome iniciado por L e constituído por três letras depois do LFA, modelo lançado em 2012 que marcou a aposta da Lexus em modelos de linhas desportivos que já então permitiam uma qualidade ímpar de condução. Agora, este LBX (Lexus Breakthrough X-over) sugere desde logo através do seu nome que estamos perante um crossover (X-over) que se revela, para a Lexus, “um avanço no conhecimento e na técnica” (Breakthrough).

Estamos assim perante o mais recente crossover de luxo da Lexus, um B-SUV que transporta uma infinidade de recursos como a mais avançada motorização eletrificada, um design marcante, o sistema de segurança e a tecnologia multimédia. Daquilo que pudemos para já confirmar, deu para entender neste LBX a permissão de uma condução ágil, apoiada pelo facto de estarmos perante um crossover mais pequeno e mais leve do que outras propostas da marca, mas que mantém ainda assim a qualidade e o luxo “sem concessões”. Eletrificado com o novo sistema full-hybrid, o LBX surge assim como um modelo inovador para a marca mas também para o próprio segmento em que se insere.

Desenvolvido sobre uma variante da plataforma de arquitetura global para automóveis compactos GA-B, estamos perante um crossover com um baixo centro de gravidade, vias largas, projeções curtas e uma carroçaria de elevada rigidez. Promete, uma condução envolvente e divertida, assegurando os pressupostos da “Assinatura de Condução Lexus”: diálogo natural entre condutor e automóvel, e garantia de confiança, controlo e conforto permanentes.

Lexus LBX 13

Lexus LBX 16

Eletrificado por um sistema híbrido Lexus de nova geração, com um motor compacto e leve de três cilindros e 1.5 litros, o novo LBX permite uma potência máxima combinada de 136 CV (100 kW) e um binário máximo de 185 Nm. Transporta ainda este LBX uma nova bateria bipolar de hidretos metálicos níquel (NiMH) de baixa resistência e alto rendimento, que permite reforçar a potência do motor elétrico na aceleração e alargar o tempo de condução totalmente elétrica (EV). A redução do ruído e da vibração (NVH) foi outra das preocupações da marca durante a conceção do novo LBX, no qual a marca teve em atenção pormenores como os aperfeiçoamentos na carroçaria, incluíndo especial atenção às portas onde foram introduzidas placas de amortecimento para suprimir o ruído de alta frequência e aumentar o ruído de baixa frequência.

Grelha fusiforme e um cockpit Tazuna

Para o exterior, a Lexus procurou criar um caráter mais descontraído e de estilo autêntico, com uma nova grelha frontal fusiforme, inspirada nas origens da Lexus e da Toyota o fuso usado na tecelagem em que as marcas deram os primeiros passos abriu caminnho para um longo caminho até aos dias de hoje. Já no interior, e como grande parte dos novos modelos da marca, o cockpit surge como uma interpretação do conceito Tazuna da Lexus, que posiciona os principais controlos e fontes de informação imediatamente ao redor do condutor, de modo que a sua operação requeira apenas movimentos mínimos de mãos ou de olhos.

Perante as suas dimensões — largura, 1825mm; comprimento, 4190mm; altura 1560mm —, este Lexus LBX apresenta-se com vias largas, jantes de grandes dimensões e a permitir um raio de viragem de 5,2 metros, com uma bagageira de 332 litros, num crossover compacto em que ficou a sensação de um espaço algo limitado para quatro adultos se todos forem de elevada estatura, um ideia que poderemos confirmar ou contratriar mais tarde num ensaio mais prolongado deste novo B-SUV.

Equipado com o mais recente sistema Lexus Link Connect, num ecrã tátil de 9.8 polegadas, este LBX é assim capaz de fornecer navegação “na cloud”, otimizando o planeamento de viagens com informações em tempo real sobre o trânsito. A comodidade é reforçada pelo assistente de bordo “Hey Lexus”, que responde a comandos de voz do condutor e do passageiro do banco dianteiro. Beneficia ainda este crossover dos elementos de segurança e assistência ao condutor incluídos na última geração do Lexus Safety System +, capa de detetar riscos de acidente, alertando o condutor e fornecendo controlo de direção, travagem e força motriz automaticamente, se necessário, para evitar ou diminuir as consequências de uma colisão.

Lexus LBX 14

Lexus LBX 01

Disponível numa gama com quatro atmosferas distintas, desde a mais sofisticado Elegant, que se traduz na utilização de tons subtis, até ao mais dinâmico Cool, com costuras em cobre, que lhe conferem um caráter dinâmico e desportivo, passando ainda pelos níveis Relax e Emotion, este novo Lexus LBX propõe seis ambientes distintos no interior e três modelos de jantes que podem ser escolhidos também de acordo a opção relativamente ao nível de equipamento.

Preços para já a partir dos 38.750 euros

No corrente mês de Março a Lexus começa a entregar a cliente as primeiras unidades do LBX Elegant, com preço a partir dos 38.750 euros, ainda o LBX Emotion (41.750 euros), também o LBX Relax (44.250 euros), com destaque para pespontos Tatami distintos, e duas variantes do LBX Cool, com costuras em cobre, respectivamente o Cool (44.600 euros) e o Cool + (47.750 euros). Mais tarde, provavelmente em Julho, deverão chegar as primeiras unidades da variante LBX, mais “despida” de equipamento, com um preço de entrada de 34.950 euros.

No final da apresentação, ao deixarmos para trás a bonita cidade de Aveiro mas também este novo crossover compacto da Lexus, ficou a vontade de um regresso à bonita cidade tida como a Veneza portuguesa, e se possivel uma vez mais ao volante deste LBX num ensaio mais alongado para uma ideia mais completa das suas capacidades. Até lá, a primeira impressão foi particularmente positiva.

Lexus LBX LBX Lexus LBX Cool
Lexus LBX Elegant Lexus LBX Emotion
Lexus LBX Relax Lexus LBX Emotion

 

Jorge Reis/LusoMotores
em Aveiro a convite da Lexus Portugal
PUB
600 90 rodape

 

Pin It