O piloto Rui Madeira vai dar início ao percurso desportivo da temporada de ralis de 2024 aos comandos de um Fiesta Rally2 no Rali Casinos do Algarve, em representação da Past-Racing, estrutura que representa oficialmente a M-Sport na Península Ibérica. No átrio do Casino Estoril, onde foi recebido pela ESC Online, “main sponsor” do piloto para a presente época, pudemos conhecer objectivos e ambição de Rui Madeira, ele que irá alinhar em três provas do Campeonato de Portugal de Ralis — Casinos do Algarve, Terras D’Aboboreira e Rallye de Lisboa —, as quais deverão permitir espaço em termos de calendário para que Rui Madeira continua a participar nos Ralis Legends.

Estamos assim perante o regresso de Rui Madeira aos comandos de um carro de ponta da marca americana da oval, já depois de ter alinhado em 2001 e 2002 no então Nacional de Ralis com um Ford Focus WRC da Ford Lusitana. Agora, irá tripular um Ford Fiesta Rally2 com as mais recentes especificações, integrando a estrutura da Past-Racing, algo que o piloto de Almada assume ser “um desafio tremendo”, e justifica: “Irei enfrentar um plantel extraordinário de pilotos e com muito mais experiência do que eu neste tipo de carros.”

“Vamos ter de trabalhar muito, testar de forma intensa, contar com o aconselhamento técnico da Past-Racing e da M-Sport e preparar bem os ralis. Somos ambiciosos e queremos estar entre os mais rápidos. Em 2023, no Rallye de Lisboa, conseguimos ser competitivos e lutar pelo pódio com o Ricardo Teodósio até ao fim, mesmo tendo então poucos quilómetros aos comandos do Citroen C3 Rally2 com que alinhamos.”

RuiMadeira ESC 02

Por seu lado, Daniel Alonso, CEO da Past-Racing, afirma a sua admiração por Rui Madeira, justificando a aposta daquela equipa no piloto luso: “Sempre admirei Rui Madeira, o primeiro campeão mundial de ralis português de Produção e um dos pilotos mais emblemáticos de Portugal. Por isso, quando soube que ele ia participar com a nossa equipa em pelo menos dois ralis no seu país, fiquei muito animado e orgulhoso. Rui Madeira é um exemplo de paixão, talento e profissionalismo. Aos 54 anos, continua a demonstrar a sua velocidade e capacidade de condução, competindo com pilotos muito mais jovens e carros mais modernos. A sua experiência e conhecimento do terreno são uma grande mais-valia para a nossa equipa, que aprenderá com ele em todas as fases.”

Curiosamente, Rui Madeira esteve mesmo para debutar com o carro do representante oficial da M-Sport na Península Ibérica já no Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto, mas por aquela altura não havia ainda unidades do Fiesta Rally2 disponíveis, pelo que houve a necessidade de adiar esta aposta. Agora, confrontado com a possibilidade de estender o programa com a Past-Racing em mais provas do CPR 2023, o piloto assume que “não está fora de hipótese, mas...”

“Não quero sobrecarregar os patrocinadores, nem prejudicar a minha intensa vida profissional e a família. Gostava, obviamente, de fazer mais um ou dois ralis, na fase de asfalto. Vamos lá ver se é possível...”

Já sobre a possibilidade de Rui Madeira poder um dia encarar um regresso a tempo inteiro ao CPR, o piloto prefere ser realista e não hesita em classificar essa possibilidade como “muito difícil”, justificando essa dificuldade com questões familiares e obrigações profissionais. Ainda assim, “nunca digas nunca e, se isso algum dia acontecer, será encarado com todo o empenho e só o farei se sentir que serei competitivo”.

RuiMadeira ESC 04

Legends voltam a fazer parte do programa da época

A par desta aposta no Campeonato de Portugal de Ralis com a Pst-Racing, Rui Madeira irá dar continuidade aquela que tem sido uma das suas imagens de marca nos últimos anos, mantendo no seu programa competitivo alguns dos emblemáticos Ralis Legends, onde alinhará com o “Mitsubishi Lancer EVO III” que esteve presente no interior do Casino Estoril, assumindo ainda a vontade de, pelo menos numa das provas, participar com o Ford Sierra Cosworth”, com que Rui Madeira conquistou o seu primeiro título de Grupo N em Portugal, em 1993.

Assim, no que diz respeito à aposta de Rui Madeira nos Ralis Legends, o piloto luso deverá estar à partida do Rallye Festival Hosnayo, na Cantábria espanhola, que se disputa de 11 a 13 de abril, tendo também já confirmada a presença “no Rallye Spirit e no Luso-Bussaco, duas provas que se assumem cada vez mais, como icónicas e únicas.”

“Também poderemos vir a estar novamente presentes no ADAC Eifel Rallye Festival, dependendo do que viermos a fazer com o Ford Fiesta Rally2 no CPR”, explicou.

RuiMadeira ESC 03

O “mundialista” vai também voltar a repetir a sua incursão no Campeonato de Portugal de Novas Energias, neste caso regressando ao volante de um Ford Mustang Mach E AWD no Eco Rally de Lisboa: “Gostei imenso da experiência do ano passado e é um evento que me diz muito, sendo uma honra ser o seu embaixador.”

Em jeito de conclusão, Rui Madeira deixou ainda uma palavra final para os seus patrocinadores: “Para eles que, ano após ano, me honram com a sua confiança e permitem que montemos o nosso projeto sempre com muita ambição!”

LusoMotores
PUB
600 90 rodape

 

Pin It